E-commerce

4 mulheres empreendedoras para se inspirar

16618783999_c1788f8576_c

Histórias que provam que o sexo feminino também tem potencial para desenvolver negócios de sucesso

Além de consumirem mais do que os homens na internet, segundo um estudo da Forrester Research, as mulheres têm se destacado na rede com negócios de sucesso. Na Loja Integrada, plataforma de criação de lojas virtuais, as empreendedoras já representam 30% do total. A empresa credita que a diferença entre os sexos tende a se igualar ainda em 2016, graças ao ritmo acelerado que as mulheres ingressam no comércio eletrônico com negócios criativos e bem planejados.

Na ultima terça-feira (26). a plataforma de e-commerce, em parceira com a Atena Haus, empresa de incentivo ao protagonismo feminino, reuniu quatro mulheres especialistas em comércio eletrônico no Brasil. Conheça suas histórias inspiradoras:

Tânia Gomes Luz: Ao perceber a dificuldade em encontrar sapatos nas numerações 33 e 34 e o enorme potencial deste mercado – estima-se que 5 milhões de mulheres no Brasil usem este número, Tânia- que calça 33 – buscou investimento e inaugurou a loja 33e34, que além da grande variedade de modelos, também se destaca pelo atendimento e rápida entrega.

Juliana Della Nina: Motivados pela dificuldade de pais e mães em comprar apetrechos para recém-nascidos num único lugar, Juliana e seu sócio, Felipe Simão, resolveram criar a Bebê Store, e-commerce com mais de 55 mil itens e acessórios nacionais – hoje a maior loja virtual brasileira especializada em produtos para bebês. Por terem iniciado o negócio com investimento próprio, tiverem que usar a criatividade para fazer a empresa crescer. “Percebemos que as mulheres se destacam em negócios criativos, que superam as dificuldades com ideias simples e funcionais”, explica Natalia Alves, representante feminina da equipe de Marketing da Loja Integrada..

Ana Paula Passarelli: Especialista em e-commerce e marketing digital, é diretora de e-commerce da Digital Stars. Foi considerada referência entre os produtores de conteúdo digital no Brasil, em pesquisa realizada para o evento Content Summit 2015. “A produção de conteúdo é hoje uma das melhores ferramentas de marketing para lojas virtuais. Se você vende um produto, entende dele, escreva sobre ele e torne-se referência no assunto”, afirma a especialista.

Tatiana Pezoa: Ao perceber que grande parte das reviews dos sites eram feitas por pessoas que não compraram o produto, Tatiana decidiu fundar a Trustvox, uma certificadora de reviews online. A tecnologia permite que apenas clientes verdadeiros opinem e avaliem suas experiências de compra, o que aumenta a credibilidade das lojas. Com um ano de mercado, a ferramenta está presente nos maiores portais do Brasil.

Comente