Blog

Repaginada

design loja virtual

Quais são os pontos de atenção quando o assunto é mudar o design de uma loja virtual?

Mudar o design de um site é um passo importante, que garante pontos no quesito inovação e criatividade. Mas quando o assunto é e-commerce repaginar o visual se transforma em uma tarefa mais complexa. Coisas simples, como trocar um botão de lugar ou mudar a disposição da vitrine de produtos podem até garantir um visual renovado. Mas se a página acabar confundindo o usuário, a compra pode ser dificultada. Esse é o principal motivo pelo qual lojas virtuais reprojetam o seu design com menos frequência que outros tipos de websites.

Isso porque não é só uma questão de alinhamento estético. Uma mudança de design pode afetar drasticamente o objetivo principal da loja virtual: vender. Para Daniela Melo, diretora da Virtual Biz, tudo é uma questão de “definir os objetivos da loja”.

“Um briefing bem detalhado é muito importante e otimiza o tempo do processo”, conta. “Pesquisar os grandes players do mercado e os concorrentes, verificar o que foi feito em usabilidade e navegabilidade, tanto visual quanto funcionalmente, também é importante”. Ela também ressalta que são todos esse dados que ajudarão na criação do novo layout: ‘Com uma base rica de informações e toda a pesquisa o designer terá condições de criar algo específico para a loja e com mais chances de sucesso”.

Outro ponto de atenção para e-commerce é o prazo de validade do design. Para uma loja virtual, que tem a funcionalidade em primeiro plano, mudar o que já está funcionando pode afetar a experiência de compra. “É bem mais fácil saber a hora de mudar sem analisar as tendências do mercado, principalmente os grandes cases de e-commerce. Mas são eles que influenciam para onde as coisas vão caminhar. É por isso que o layout, elementos, estruturas, cores, todos esses itens devem ter pesquisas periódicas”.

Ela recomenda um período: “um tempo considerável para que se tenha mudanças nas tendências visuais é de dois a dois anos e meio. E então a loja pode apresentar uma ‘cara’ nova”. A especialista conclui que o principal é sempre pensar na necessidade de renovar o design tanto do ponto de vista da loja virtual, quanto dos usuários. Os donos de e-commerces precisam pensar no objetivo da nova proposta visual e como garantir que a experiência de compra seja a mesma ou melhor. E, principalmente, não ter medo de experimentar, já que é possível realizar testes que podem mostrar o melhor caminho estético e de negócios.

• Leia as principais notícias e tecnologia

• Baixe o material de apoio dos tutoriais da Revista W

• A opinião de especialistas sobre os assuntos do momento na web

 

 

Comente