Entrevistas

Criando formulários para sites

forms ft img

Yan Borowski Machado, da Scrum Master, contou à Revista W porque cadastros e preenchimentos devem ser tratados com atenção em uma página da web. Veja algumas dicas

Na edição 155 da Revista W falamos sobre a criação de formulários para sites. É mais difícil do que se pensa criar sistemas de cadastros e preenchimento de questionários realmente eficazes e que não façam o usuário desistir. Pensar em uma boa experiência de leitura, informações e perguntas consistentes, guias de ajuda para possíveis dúvidas e um visual agradável são alguns dos pré-requisitos essenciais que às vezes são esquecidos.

Muitas vezes, o formulário é a única forma de interação com o visitante da sua página, e por isso tem tanta importância. Para falar sobre o assunto conversamos com o desenvolvedor Yan Borowski Machado, da Scrum Master. Ele compartilhou sua experiência e deu dicas para a criação de formulários realmente bons.

W: ­ Muitos precisam criar web forms (formulários) em sites mas não sabem por onde começar. Qual o primeiro passo?
YB: Primeiro você precisa saber exatamente o que você colocará no seu cadastro. Separe os campos em grupos por tipo como Dados pessoais básicos (Nome, e­mail, telefone) depois comece a mostrar os demais grupos. Formulários bem sucedidos vão salvando informações aos poucos, para evitar muitas validações ao mesmo tempo e para que os dados não sejam perdidos em caso de queda da internet, servidor, etc.

W:­ Como garantir que a tarefa de preencher um formulário não seja chata para o usuário?
YB:
 Deixe menos campos opcionais, preocupe-se com a tabulação (Teclas Tab / Enter) e faça o cadastro “fluir” de campo em campo com coisas que são fáceis ao usuário lembrar.

W: O design interfere no bom funcionamento de um formulário?
YB:
Com certeza. Recentemente fiz um cadastro em um formulário de uma empresa para vagas. Foi uma experiência terrível. Os campos desalinhados e estreitos, fonte pequena, tamanho de layout fixo (não responsivo). Só não desisti pois faltava uma página para finalizar.

W: Alguns sites usam até conceitos de gameficação para estimular usuários a preencher esse tipo de cadastro. Que outras técnicas podem ser exploradas?
YB: Existem várias maneiras de tornar o preenchimento mais fácil. Podemos citar algumas como:

– Alinhamento de campos: Existem duas boas práticas. Uma é deixar o Label (Rótulo) do
campo a cima dele e as próximas combinações de rótulo / campo logo abaixo, seguindo uma linha reta,
sem nada ao lado. A segunda é o alinhamento pela esquerda, onde colocamos o rótulo / campo um ao lado
do outro, respectivamente, alinhados pela esquerda e o próximo conjunto de rótulo / campo na próxima
linha e assim sucessivamente.

– Rótulos externos: Nunca coloque um rótulo somente dentro do campo (esfumaçado), pois
quando você começar a digitar, você pode se distrair e não lembrar mais em que campo você estava.

– Campos obrigatórios: Devem ser devidamente / claramente identificados, para que o usuário
não tenha que ficar clicando no botão “Enviar” o tempo todo e ver que esqueceu de algo.

– Agrupamentos: Faça um espaço agrupado para os campos baseados no seu tipo (Dados
básicos, endereço, formação, interesses, etc).

W: O tipo de site interfere na criação de um bom formulário?
YB: Com certeza. Não podemos criar formulários que não estejam em sintonia com o restante do layout do nosso site. Caso nosso layout seja pobre, provavelmente a experiência de nossos usuários com nossos formulários também será.

W:  Como fazer com que o usuário se sinta seguro ao colocar seus dados ali, em um formulário de site?
YB: Primeiramente seu site tem que transparecer credibilidade. As pessoas não vão colocar o CPF em um site que tem anúncios visuais de pornografia, dinheiro fácil, dentre outras tantas coisas duvidosas que existem na internet. Seu site tem que ser limpo e idôneo. Você ainda precisa colocar a mão na consciência para ver quais dados que você está solicitando são “sensíveis” (CPF, RG, Endereço). Para que eu vou colocar meu endereço e meu CPF em um cadastro de blog de tirinhas divertidas? Não faz sentido e você não conseguirá prender usuários assim.

W: Poderia citar algum(s) casos que considera bem ­sucedidos?
YB: O LinkedIn é um excelente exemplo. Você preenche alguns dados básicos e o sistema mostra um percentual de conclusão do seu perfil. Você não precisa preencher muitos campos de uma vez para concluir seu cadastro. Ele vai mostrando aos poucos, em telas separadas, dicas para você concluir seu perfil. Podemos citar também o site da Amazon, que é utilizado como exemplo de boas práticas de usabilidade em diversos estudos acadêmicos.

Comente