Blog

Crie aplicativos de música

Espalhe música
É claro que existem outros serviços de streaming disponíveis atualmente, que também devem ser levados em conta em sua pesquisa caso decida desenvolver um app musical. Mas levando em conta esses exemplos bem-sucedidos, é possível mensurar o quanto ainda pode ser explorado na área de streaming de música, e até de vídeo. Vale lembrar também que a Apple lançou recentemente uma solução para esta área, o iTunes Radio, que funciona como uma espécie de catálogo de rádios que pode ser usado gratuitamente por seus usuários (com publicidade). E não seria surpresa se outras gigantes de tecnologia também se lançassem ao streaming fazendo jus ao mercado competitivo.

Com um crescimento desse consumo de música digital, ou seja, usuários dispostos a pagar por esses conteúdos, o streaming tem se mostrado uma ótima especialidade para desenvolvedores incluírem em seus currículos. E isso também significa estar inteirado com as últimas tecnologias voltadas para áudio, APIs específicas, HTML5 e computação em nuvem.

Além disso, quem estiver de olho na área mobile precisa ser ninja no desenvolvimento para as principais plataformas (Android, iOS e Windows Phones, pelo menos). Com uma boa ideia em mente e um pouco de criatividade é possível aproveitar esta fase musical do mercado para dar
o “play” nas suas habilidades de desenvolvedor e criar soluções de sucesso.

Reportagem publicada originalmente na edição 156 da Revista W (Todos os direitos reservados). Qualquer reprodução deve citar a fonte. 

Confira mais notícias e matérias especiais de tecnologia!

Comente