Blog

Congresso da Fecomercio-SP discute crimes eletrônicos e tendências em segurança

evento segurança

O evento, que aconteceu dias 4 e 5 de agosto, reuniu profissionais de todas as áreas

Empreendedores, advogados, comerciantes, empresários da área de tecnologia, entre outros, se reuniram para discutir a segurança na internet no VI Congresso de Crimes Eletrônicos promovido pela Fecomercio-SP, nos dias 4 e 5 de agosto.

O evento contou com painéis sobre a aprovação do Maco Civil da Internet, voto eletrônico e biometria, direito eletrônico, pagamentos móveis, privacidade no mundo digital, segurança para o mundo digital, dados do setor bancário, software e tecnologia.

O comércio eletrônico também fez parte do dabate, no painel Tendências do E-commerce. “Comprar na internet não é uma tendência, é uma realidade”, declarou Ludovino Lopes, presidente da Câmara-e.net. Mas apesar de consolidado, segundo os convidados, o e-commerce ainda precisa superar alguns obstáculos. Para Lopes, os sistemas de entrega e logística precisam ser mais inteligentes, para garantir que o produto chegue com mais rapidez até o cliente. A segurança, tema do Congresso, também merece atenção tanto de clientes, quanto de donos de lojas virtuais, mas para José Rogério Luiz, vice-presidente de planejamento da Netshoes, “não vamos conseguir acabar com as fraudes enquanto o ser humano estiver envolvido no processo”.

Quando o assunto foi o futuro do varejo online todos concordaram: foco total no mobile. Segundo eles o m-commerce deve explodir no ano que vem, mas precisa superar a barreira da baixa qualidade do serviço de internet 3G do Brasil. A conversa, mediada Graça Sermoud, diretora a jornalista das revisats Decision Report e Risk Report, contou ainda com a participação de Marcos Nader, vice-presidente da Docusign, Fábio Tavares, diretor de tecnologia da Dotz e Pedro Guasti, presidente do Conselho de Comércio Eletrônico da Fecomercio-SP e vice-presidente de relações institucionais do Buscapé/E-bit, que apresentou a plataforma de e-commerce Meu Comércio Online, uma parceria entre a Fecomercio, o Buscapé e a JET Commerce.

A Fecomercio-SP ainda aproveitou o evento para apresentar os resultados da pesquisa Os Comportamento do Usuário na Ineternet. Feito durante o mês de maio, o levantamento é resultado de entrevistas com 10 mil empresários e foi apresentado por Edgard D’Andrea, sócio da área de TI da PricewaterhouseCoopers. Os dados mostram que os crimes digitais correnspondem a 24% de todos os crimes econômicos registrados no País. Dentre as organizações entrevistadas, 77% afirma ter sofrido ataques cibernéticos no último ano. Mas apenas 31% possuem estratégias de segurança para esse tipo de ameaça. A conclusão da pesquisa é que é preciso investir mais em segurança. “As empresas estão confiando nas práticas de segurança de ontem para combater ameaças de hoje”, disse D’Andrea.

Comente