Blog

Aposentadoria empreendedora

empreendedorismo apos

Cada vez mais pessoas estão abrindo seu próprio negócio após a aposentadoria. A tecnologia é uma grande aliada nesse cenário

Por Conversion para Revista W*

Com o aumento da expectativa de vida da população, a aposentadoria só tem representado um novo início na carreira ou a busca por novos desafios e perspectivas. Cheios de energia e motivados a continuar no mercado, os novos aposentados estão longe de largar os negócios e, pelo contrário, dão exemplos de empreendedorismo e gestão.

Reflexo disso são os dados da GEM (Global Entrepreneurship Monitor)  que demonstram que, já em 2010, 1,4 milhão de empresas brasileiras com menos de 3 anos e meio de existência são administradas por pessoas na faixa dos 55 a 64 anos. E, ainda, nessa gama de empresários mais velhos, 650 mil são idosos, ou seja, pessoas que ultrapassaram os 60 anos.

As novas tecnologias se tornaram aliadas desses empreendedores, que agora não enfrentam mais as dificuldades do passado. Por meio de um certificado digital, por exemplo, muitos deles conseguem fazer contratos, resolver trâmites legais e até mesmo fechar negócios sem precisar sair de casa. Esse mecanismo é segurado por empresas certificadoras competentes que garantem a legitimidade desse documento digital.

E a imagem do aposentado que não acompanha as evoluções tecnológica muda cada vez mais. Adaptados às novas tendências de mercado, esses investidores penetram até mesmo em mercados considerados “jovens”, como é o caso dos e-commerces. Identificando um destaque no mercado e com o aprendizado constante, os novos aposentados seguem o mesmo perfil dos empreendedores mais novos.

O diferencial é a experiência trazida em anos de trabalho, que se destaca em relação aos que chegam agora no mercado. Apesar da rejeição de algumas empresas, os aposentados conseguem alcançar o sucesso em empreendimentos próprios. Com capital de investimento acumulado durante a carreira, essa oportunidade se mostra o momento perfeito para iniciar em uma nova área ou executar uma atividade totalmente diferente.

Outro ramo de negócio bastante procurado por esse perfil de empresário são as franquias. Modalidades de administração com produtos e marcas já estabelecidas e com público alvo definido, esses empreendimentos trazem um retorno bastante positivo e um modelo de negócio de gestão mais simples. Segundo pesquisa realizada pela consultoria Rizzo Franchise, mais de 20% das pessoas que buscam uma franquia tem idade próxima dos 50 anos. Ou seja, novas modalidades de negócio surgem para contemplar esse perfil de investidor.

Assim, a imagem do aposentado que passa seus dias ocioso e entediado já se tornou coisa do passado. Mais do que nunca esses profissionais tem suas qualidades e potencialidades aproveitadas de maneira produtiva para o mercado, modificando de maneira saudável suas vidas e a própria concorrência.

* A Conversion é especialista em SEO e marketing de conteúdo com foco em resultados.

• Leia as principais notícias de tecnologia

• Entrevistas com os principais especialistas da web

• A opinião sobre os assuntos do momento na internet

Comente