Blog

Xiaomi lança um concorrente para o iPad

xiaomi tablet

Um versão beta do tablet deverá ser colocada no mercado para uma fase de testes. CEO da fabricante chinesa quer que o dispositivo seja poderoso

Já haviam rumores de que a fabricante chinesa Xiaomi estava preparando seus próprios tablets, com o objetivo de concorrer com os iPads, da Apple. Os boatos se confirmaram com o lançamentos dos aparelhos durante um evento em Pequim. Lei Jun, CEO da companhia, apresentou o Mi Pad, um dispositivo com 7.9 polegadas de tela, disponível em seis cores diferentes (e muito parecido com o iPad, em termos de design).

O display tem 2048 x 1536 de resolução e conta com processador 2.2 Ghz Tegra K1, o que o faz ser o primeiro tablet que usa tecnologia Nvidia. O equipamento também tem 2GB de RAM, 16 GB de armazenamento e suporta expensão através de cartão de memória de até 128 GB. A câmera tem 8 megapixels e a frontal tem 5 megapixels. O Mi Pad deverá custar 1.499 yuan (US$ 240) para a versão de 16 GB com Wi-Fi, enquanto a que tem 64 GB deve sair por 1.699 yuan (US$ 273). A Xiaomi não mencionou a chegada de um celular como versão do tablet e nem confirmou o lançamento efetivo do aparelho no mercado.

A empresa vai começar teste abertos em junho, assim como já fez com outros produtos da marca. Isso significa que a fabricante deve ter uma versão beta do dispositivo para venda. Inicialmente o feedback dos clientes deve ajudar a lançar a versão final do produto. Lei Jun contou à imprensa presente no evento que os tablets não serão fáceis de produzir, e que a Xiaomi gastou longos quatro anos para planejar a sua chegada nesse mercado. Ele  quer que o Mi Pad tenha as especificações equivalentes a um PC com experiência para game, o que demanda mais atenção no seu design e desenvolvimento.

Via The Next Web

• Leia as principais notícias e tecnologia

• Baixe o material de apoio dos tutoriais da Revista W

• A opinião de especialistas sobre os assuntos do momento na web

 

Comente