Apps, Software & Hardware

Apps de redes sociais: os vilões da bateria do celular

apps-e-bateria-celular

Com Facebook e Spotify em destaque, pesquisa da AVG revela os aplicativos que mais afetam o desempenho de smartphones

Os aplicativos mais baixados pelos usuários de smartphones são também os que mais consomem a bateria do aparelho. De acordo com uma pesquisa mundial realizada no primeiro trimestre de 2015 e divulgada em julho pela empresa de segurança digital AVG, apps de bate-papo e de redes sociais são os atuais dos vilões do “roubo” de carga de telefones dotados de Android (a empresa não relevou dados para os sistemas iOS e Windows Phone). Para medir o consumo de bateria, a AVG separa os aplicativos em duas categorias: dos apps que são carregados juntamente com o boot do sistema e dos que são iniciados pelo usuário. Essa separação ocorre porque a AVG entende que os inicializados pelo usuário costumam utilizar recursos que a própria pessoa desconhece, como a alta demanda de memória (caso, por exemplo, do Netflix e do SoundCloud – Music & Audio).

No ranking divulgado pela companhia, entre os apps iniciados com o sistema, estão entre os cinco primeiros Facebook, BBM (sistema de mensagens do BlackBerry), 8 Ball Pool, Instagram e Messenger. Completam a lista WeChat, Facebook Pages Manager, ooVoo Video Call Text & Voice, KakaoTalk: Free Calls & Text e Vine.

Dentre os aplicativos acionados pelo usuário, aparece no topo da lista como grande devorador de recursos e bateria o Spotify. De acordo com a AVG, como o app permite alocar mais de 3 mil músicas, compromete parte do espaço de armazenamento e drena parte do pacote de dados.

O ranking da empresa, entre os apps iniciados pelo usuário, segue com Amazon Kindle, LINE: Free Calls & Messages, Samsung WatchON (Video), Snapchat, Netflix e SoundCloud.

A oitava posição do ranking é uma ironia em forma de app: Clean Master (Speed Booster). O programa promete deixar o telefone mais rápido, otimizado e com menos consumo de bateria. Completam o top 10 Tumblr e PicsArt Photo Studio.

De acordo com Mariano Sumrell, diretor de marketing da AVG, a lista da empresa é reveladora pela questão dos apps rodando em segundo plano. “Muitos aplicativos consomem bateria, espaço e dados sem que o usuário tenha consciência disso e, em muitos casos, sem um bom motivo para tal. Se você se questiona sobre o desempenho ruim do seu smartphone, esse pode ser o motivo.”

Além de revelar os apps que mais afetam o desempenho dos telefones, a AVG ainda informou, em seu relatório, o tipo de aplicativo nos quais os usuários mais gastam seu tempo. No topo dessa lista estão programinhas de namoro on-line e de jogos, como os criados pela Zynga.

A pesquisa da AVG analisou dados anônimos de mais de um milhão de usuários do Android. O relatório completo pode ser encontrado no AVG Now: http://goo.gl/hMY8R3.

 

1 Comentário

Comente