Opinião

Ele não morreu

papel criatividade

Papel ainda estimula a criatividade nas empresas. Apesar dos avanços tecnológicos, recursos tradicionais ainda são fundamentais para uma boa produção em qualquer ambiente de trabalho

Por Conversion para Revista W*

Estimular a criatividade dos colaboradores é um desafio constante em tempos tão competitivos e que exigem inovação para se destacar entre tantas empresas. Por isso, diversos empreendedores investem dinheiro em equipamentos modernos e aplicativos que facilitam as tarefas diárias e para motivar seus funcionários. No entanto, uma solução eficiente para melhorar a produtividade e a criatividade pode estar em uma simples folha de papel.

O tradicional par papel e lápis ainda faz muito pelas empresas, mesmo naquelas em que a tecnologia é a principal aliada. Afinal, qual produto oferece a colaboradores e gerentes a oportunidade de desenhar, rabiscar e anotar as ideias relevantes das reuniões? Ainda não existe qualquer ferramenta de computador ou tablet que possibilite realizar essas tarefas tão naturalmente. Apesar disso, algumas empresas de tecnologia acreditam que é possível transportar a praticidade do papel para a tela.

O Essay Writing Guide, por exemplo, é uma ferramenta para escrever e criar organograma, seja para estudar ou trabalhar. Outro recurso influenciado pelo papel é o Note Anytime, em que o usuário pode escrever a próprio punho e adicionar desenhos. No entanto, a rapidez de rascunhar e a naturalidade de desenvolver a criatividade no papel fica restrita apenas a ele, embora a tecnologia imite bem o recurso impresso.

Então, se a sua empresa quer crescer e ouvir a opinião dos colaboradores, deixe papéis à mostra e os incentive a sempre escrever as próprias ideias. Essa técnica, bem conhecida pelos artistas e escritores, ajuda a não esquecer pensamentos que possuem chances de se tornar grandes projetos.

Além de ser útil para registrar ideias e projetos, o papel pode ser utilizado para formular cartazes com avisos e melhorar a comunicação interna da empresa. Já que a ideia é incentivar a criatividade, esses anúncios podem ser feitos pelos próprios colaboradores, em um momento que combina relaxamento das próprias tarefas e entrosamento na rotina do escritório.

Como a maior parte dos convites e lembretes é online, enviar cartões para os clientes e fornecedores também é uma forma excelente e diferente de impressionar. Afinal, a simplicidade do papel já está se tornando artigo de luxo.

* A Conversion é especialista em SEO e marketing de conteúdo com foco em resultados. 

• Leia as principais notícias de tecnologia

• Entrevistas com os principais especialistas do universo de tecnologia

• A opinião de especialistas sobre os assuntos do momento na web

 

Comente