Opinião

Redação digital

marketing futuro ft img

A chamada Experiência do Usuário tem tudo a ver com o conteúdo de um site. Descubra como

*Por Ben Barone-Nugent

Os redatores digitais tem um papel importante no processo de criação de um site. Nas fases iniciais, eles trabalham com os designers de experiência de usuário (UX) para pensar nas funcionalidades de uma página web. Saber como um conteúdo de texto deve interagir com imagens e botões, e o que cada elemento deve fazer dentro da página, faz parte do trabalho. Algumas funcionalidades podem ser complexas ou inéditas, e é papel dos redatores encontrar modos de tonrá-las fáceis de serem compreendidas pelos visitantes do site.

Mais tarde, os redatores pensam em maneiras interessantes e cativantes de divulgar uma marca e as informações de um produto. Essas palavras precisam interagir com os outros elementos da interface para criar uma experiência consistente, coesa e útil para os usuários. Analisando de uma outra maneira, os redatores ajudam a criar bibliotecas a partir do zero. Eles não apenas desenvolvem um sistema de categorização, mas escrevem todos os “livros” que compõem as prateleiras.

A redação

Você provavelmente nunca ouviu falar de redação de UX. É porque inventei o termo. A “redação de UX” é parte do trabalho de qualquer redator, e o foco na experiência deve permear tudo o que eles fazem. O termo foi criado para descrever uma parte específica do processo: o foco em definir as funções de cada parte de um site e seus papéis na estrutura geral, para conectar os clientes ao produto real.

Os redatores trabalham com os designers e especialistas em experiência do usuário para expressar as partes interativas e funcionais de um produto de maneira interessante e intuitiva. Eles criam palavras e interações para ajudar os usuários entenderem de cara a missão de um site, navegando facilmente e realizando as tarefas que desejarem. É possível dizer que uma boa redação de UX é transparente, com foco total no produto ou serviço que a página promove. Apesar disso, algumas pessoas defendem que essa redação deve ter uma voz própria, como parte do branding.

De qualquer modo, a redação de ux serve para conectar os usuários e o site. Para isso, os redatores pesquisam, fazem testes e buscam maneiras de fazer as coisas funcionarem. A redação ocorre na ponta mais “científica” do processo. Ela se aplica em uma solução testável e objetiva. Os usuários podem compreender a interface ou não. Mas o trabalho do redator nunca acaba. Eles também garantem que as palavras liguem a interface às informações e à marca.

Escrita e conteúdo

Se a redação de ux refere-se ao design de ux, então a “escrita de conteúdo” refere-se ao projeto visual. Esta parte do trabalho pretende trazer informações que são a alma aos produtos, além de um objetivo. O conteúdo precisa cruzar a linha entre um objeto digital e algo além disso. Por exemplo, uma causa humanitária, uma camiseta ou notícia.

Desta maneira, o conteúdo expressa algo que transcende os lados técnicos e estruturais das coisas. É preciso ajudar as pessoas a dar o próximo passo no uso do site com conceitos que extrapolam o meramente técnico. A escrita de conteúdo é para criar o motivo pelo qual as pessoas visitam seu site. Os usuários não estão em busca de um belo botão, mas de um bom conteúdo.

* Ben Barone-Nugent é estrategista de conteúdo sênior da Proximity Worldwide. Já trabalhou em projetos para a Mazda, American Express, KFC e Qantas

Comente