Blog

Tendências em web design

tendências 2014

Confira os recursos, técnicas e temas que estarão em alta no setor de criação para web

Para fechar o ano, é sempre bom relembrar o que marcou o mercado de criação para web e o que deve ficar para 2014. Para refrescar a sua memória, listamos algumas coisas que ficaram em altae que podem se tornar tendências.

1- Multiplataforma

A abordagem multiplataforma para sites foi um dos destaques. Com a popularização dos dispositivos móveis, como smartphones, tablets e até Smart TVs, criar produtos que funcionem no maior número possível de plataformas se transformou em algo essencial. Tecnologias como o HTML5 e algumas técnicas novas também ajudaram a tornar possível o web design multiplataforma. Para começar, é importante estar por dentro dos métodos responsivos e de adaptação de sites e apps para múltiplas telas, além de conhecer resoluções e tamanhos de displays. Isso vale para qualquer desenvolvedor e web designer que quer criar produtos digitais prontos para qualquer ambiente.

2- Touch

Ainda com relação às plataformas móveis, optar por abordagens touch durante o processo de criação de sites é um grande diferencial hoje em dia. Vale lembrar que além de celulares e tablets, até notebook e monitores com recursos touch chegaram ao mercado e podem se popularizar ainda mais no futuro. Mais um motivo para você levar em conta eventos e navegação touch ao projetar uma página. Aqui entra também a questão do mobile-first, que pode ser uma boa escolha para sites otimizados para dispositivos do tipo. Um verdadeiro site moderno precisa acompanhar esse movimento e dar suporte à interfaces que possibilitem uma experiência fácil a um toque de dedos.

3- Flat Design

Talvez a tendência visual mais comentada do ano, o flat tomou conta de Windows, iOS, Google e inúmeros sites pela rede e aplicativos nas lojas virtuais. O estilo de cores chapadas e fortes,  ícones simplificados sem muitos detalhes e abordagem que favorece a funcionalidade da interface estourou e deverá continuar na onda de estilos visuais para web e mobile. É claro que como tudo que “entra na moda” no mundo do web design é preciso aproveitar o flat com moderação. Ninguém quer sites com um prazo rápido de validade. Aproveite enquanto é tempo para abusar dessa combinação de arte.

4- Desenvolver para Windows Phone

A ideia aqui não é fazer apologia à criação para a plataforma mobile da Microsoft. O fato é que no fim de 2013 o Windows Phone mostrou otimismo pela primeira vez desde que foi lançado. O sistema operacional conseguiu conquistar o mercado europeu e ultrapassou o iOS na Itália. Tudo indica que os bons números das vendas da Nokia ajudaram a levantar o WP. Uma projeção da Strategy Analytics Developer Survey apontou que em 2014 o número de devs do Windows Phone deve dobrar. Isso significa que, com uma boa fatia de usuário da plataforma, é preciso dar atenção aos apps que ainda não chegaram ao mercado Windows. As oportunidades só aumentam para desenvolvedores nesse quesito.

5- Rolagem horizontal e Parallax

Os efeitos especiais formaram uma nova tendência em web design. Foi ótimo perceber todo o poder do parallax e como a rolagem horizontal pode ser funcional para alguns projetos. O mais importante de observar esses recursos em funcionamento foi aprender a usá-los em prol da navegação e interação com usuário. Esses e qualquer outro tipo de intervenção criativa é sempre bem-vinda, e esses, em especial, vêm com tudo no próximo ano.

6- Sites funcionais e de página única

Páginas que funcionam como verdadeiros aplicativos, ou aplicativos que funcionam como sites. Essa tem sido uma tendência de sucesso por favorecer sites funcionais e multiplataforma. Optar por esse caminho significa ressaltar o conteúdo importante e apresentá-lo de forma simples e intuitiva. O ano de 2013 foi agraciado com alguns bons exemplos desse ponto que exploram capacidade do HTML5, jQuery, CSS entre outros recursos modernos. É uma tendência que atende aos mais práticos e vai estar por aí.

7- Fullscreen e vídeos no background

Com uma imagem em tela cheia ao fundo e uma imagem ou mensagem central bem ao centro, layouts do tipo fullscreen funcionam para envolver ainda mais o visitante. Há exemplos que trazem navegação em várias páginas ou sites de página única. Normalmente favorecem projetos que tem como ponto forte imagens em alta resolução e em alguns casos, se baseiam em tecnologias como jQuery para ajustá-la na tela. De portfólios a hotsites de eventos ou programas de TV, o fullscreen definitivamente está em alta.

8- Tipografia em cena

Por muito tempo as fontes ficaram em uma espécie de limbo para os criadores de sites. Hoje em dia, a tipografia ganhou destaque principalmente com alguns avanços, como CSS3 e serviços de web fonts. Isso também vale para dispositivos móveis que exigem cuidados especiais sobre as fontes para entregar uma boa experiência em telas pequenas. Em termos de estilos, as mais clean conseguem fazer o usuário ficar mais no conteúdo do mobile. Na web, dependendo do projeto, até fontes mais trabalhadas estão sendo exploradas.

2 Comentários

Comente