Blog

YouTube e Google+

social ft img

Estudo aponta que essas são as redes sociais com mais engajamento

Segundo um estudo encabeçado pela plataforma de compartilhamento Shareholic, o YouTube e o Google+ são as redes sociais que mais tem visitantes ativos. A empresa fez uma análise de engajamento nas mídias sociais, entre setembro de 2013 e fevereiro de 2014, sem considerar o número total de usuários. Os resultados das oito rede sociais envolvidas na pesquisa, que se basearam no monitoramento das atividades de 200 mil páginas na web envolveu 250 milhões de usuários mensais.

Durante o período do estudo, os visitantes do YouTube gastaram uma média de 227,82 segundos por acesso ao site e abriram cerca de 2,99 páginas por visita. Esses foram os dois maiores números da pesquisa. A taxa de bounce (mais conhecida como taxa de rejeição) ficou em apenas 43,19%, o que significa que mais da metade das pessoas abriu outras páginas dentro do canal de vídeos antes de fechar a janela de navegação.

Shareholic explica que “o próprio vídeo causa engajamento” e que os usuários são especialmente receptivos a links em descrições que complementam a experiência audiovisual. A companhia também lembra que a própria duração dos vídeos explica a permanência dos visitantes e muitos podem passar até horas assistindo conteúdos no site.

Já o Google+ mostrou que seus usuários ficaram, em média, 188,54 no site, período no qual 2,45 páginas foram abertas. A taxa de bounce ficou em 50,63%, a segunda mais baixa do estudo. Em terceiro lugar ficou o LinkedIn, com 133,20 segundos, 2,23 páginas e 51,28% de bounce.

Twitter e Facebook acabaram na quarta e quinta posições com números parecidos, mesmo com a grande diferença no número de usuários cadastrados (foram 123,1 segundos gastos por visita e 2,15 páginas foram abertas. No Face, as pessoas gastam mais de 2 minutos, em média, e abrem 2,03 páginas). A rede de compartilhamento de imagens Pinterest teve o pior resultado na taxa de tempo gasto no site: 64 segundos.

Via iMasters com informações Info

Confira mais notícias de tecnologia!

 

Comente