Descubra como utilizar o seu cartão do SUS durante a pandemia

Sistema Único de Saúde (SUS) é o nome dado a toda a rede pública de saúde no Brasil. Ela inclui postos de saúde, hospitais e centros especializados que podem ser acessados por qualquer cidadão. Mas, para atribuir maior organização e controle a todos os cidadãos que se tornam paciente da rede pública, o Governo Federal criou o Cartão SUS.

Com o Cartão SUS, a rede pública de saúde consegue compreender a trajetória do paciente ao longo dos atendimentos, consultas, internações, cirurgias e tratamentos. Além disso, a emissão do cartão cria um registro no Sistema Único de Saúde que funciona como um número de identificação pessoal.

O Cartão Nacional de Saúde pode ser emitido em qualquer unidade pública de saúde e é imprescindível em qualquer situação de atendimento na rede pública. Assim, é importante entender detalhes sobre o funcionamento do SUS e conhecer o procedimento necessário para a emissão do Cartão SUS.

Importância do Cartão do SUS

O Cartão SUS, ou Cartão Nacional de Saúde, funciona como uma identidade do cidadão dentro da estrutura pública de saúde. Porque ele reúne todos os procedimentos realizados, dados dos locais de atendimento e profissionais envolvidos. Ou seja, trata-se de um importante mecanismo para registrar todo um histórico do paciente atendido.

Por este motivo, o SUS depende tanto do cadastro do cidadão usuário, quanto do cadastro do profissional de saúde. Para isso, algumas informações básicas são solicitadas no momento do cadastro. Finalmente, tais informações geram o Cartão SUS, que deve ser mantido como qualquer outro importante documento.

Cadastro do SUS e melhoria nos serviços ao cidadão

Um ponto importante relacionado ao cadastro dos cidadãos e emissão do Cartão SUS trata do aperfeiçoamento dos serviços. Porque, como o Brasil é um país de vasto território e populoso e que fornece os serviços de saúde gratuitamente como consequência da arrecadação tributária, é importante conhecer bem o perfil de saúde dos usuários da rede pública para que os serviços sejam adaptados de acordo com as necessidades de cada região.

Com o registro dos pacientes, os Governos federal, estadual e municipal conseguem gerar um banco avançado de informações. Esse banco, conhecido como Cadweb SUS, é utilizado para compreender as principais doenças, queixas e necessidades das regiões brasileiras. Isso facilita na hora de direcionar verbas, adquirir equipamentos e disponibilizar medicamentos, por exemplo.

Além disso, com o histórico do paciente, é possível prestar atendimento mais exato, prezando pela saúde do cidadão com os tratamentos mais adequados.

Como Fazer o Cartão SUS

O registro de todo cidadão no Sistema Nacional de Saúde deve ser realizado em uma unidade de atendimento. Assim, o cidadão deve buscar a unidade de saúde mais próxima de sua residência para realizar, primeiramente, o registro. Essa unidade pode ser um posto de saúde, Unidade de Pronto Atendimento (UPA), Pronto Socorro ou Hospital. A Secretaria Municipal de Saúde também deve dispor de equipe para este fim.

Para o registro, é necessário portar documentos básicos de identificação, como carteira de identidade, CPF e dados residenciais.

Com o registro, o cartão do SUS pode ser solicitado presencialmente, também em uma unidade de atendimento. Além disso, para tornar o procedimento mais ágil, o Ministério da Saúde disponibiliza a opção de pré-cadastro online por meio do Portal do Cidadão.

Deixe uma resposta