Calendário Restituição IR: Saiba todas as datas e entenda como funciona a TABELA

O calendário de restituição IR 2022 é extremamente interessante para aquelas pessoas que estão esperando a sua restituição de valores cobrados em excesso no imposto de renda.

Confira aqui todas as datas de pagamento de sua restituição. Veja abaixo o Calendário Restituição IR 2022.

RESTITUIÇÃO IRPF

Sendo um dos únicos momentos em que o governo devolve valores de forma direta para o contribuinte, este calendário se torna uma informação de grande utilidade para que você possa se organizar em relação à como investir esses valores.

Vamos explicar de forma mais detalhada como funciona o calendário de restituição IR 2022, quais são as vantagens e preferências que ele oferece de acordo com a lei e como você pode se manter atento aos prazos dele.

COMO FUNCIONA O CALENDÁRIO RESTITUIÇÃO IR 2022 E PORQUE É IMPORTANTE VERIFICAR AS DATAS?

O calendário de restituição IR 2022 é uma forma de se referir à tabela de restituição do IR, ou seja, ambas as expressões são, basicamente, a mesma coisa.

Esse calendário ou tabela possui as datas de envio dos lotes da receita federal para os bancos, que não é a mesma operação do recebimento dos lotes e o depósito na conta dos correntistas.

Sendo assim, é importante entender que o calendário de restituição IR 2022 é, na verdade, uma aproximação de quando você terá acesso a esses valores.

O prazo de liberação desses lotes nas contas dos correntistas varia de banco para banco, e vale um questionamento com o seu gerente sobre a questão.

CALENDÁRIO RESTITUIÇÃO IR 2022

O calendário em si funciona por lotes. O primeiro lote é um lote especial, que restitui os valores de imposto de renda de todas as pessoas que tem prioridade garantida por lei, como idosos e pessoas com doenças muito graves.

Primeiro lote de Restituição IR 2022

No total são 7 lotes, o primeiro começa a ser pago em junho e o último em dezembro.

Depois do primeiro lote, o calendário de restituição IR 2022 assume uma ordem relacionada com a entrega da Declaração IRPF 2022, por isso mesmo recomendamos que você faça  e entregue a sua declaração do imposto de renda o quanto antes, para acelerar o processo de restituição.

Confira as datas de pagamento da Restituição IR 2022

  • 1º lote: 15 de junho
  • 2º lote: 16 de julho
  • 3º lote: 15 de agosto
  • 4º lote: 17 de setembro
  • 5º lote: 15 de outubro
  • 6º lote: 16 de novembro
  • 7º lote: 17 de dezembro

Idosos com mais de 60 anos, portadores de deficiência física, mental ou doença grave e contribuintes que enviaram a declaração no início do prazo têm prioridade de pagamento nos primeiros lotes.

RESTITUIÇÃO X TAXA SELIC

Um detalhe que muitas pessoas deixam de se lembrar é que os valores são restituídos com acréscimo da Taxa Selic + 1%. Ou seja, mesmo que você receba seus valores mais tarde, você vai receber um pequeno percentual a mais do que foi pago a mais no seu imposto de renda.

COMO CONSULTAR O CALENDÁRIO RESTITUIÇÃO IR 2022 E TER CERTEZA DA SUA RESTITUIÇÃO?

As informações mais específicas sobre as suas restituições do imposto de renda podem ser conseguidas diretamente no site da Receita Federal.

Além de consultar o calendário em si, você pode confirmar o status do seu envio e ainda verificar outras informações relacionadas, como a conta onde a restituição deve ser depositada.

CONSULTAR PELO APLICATIVO

Outra forma mais eficiente ainda de se manter atualizado sobre o envio da sua restituição do imposto de renda para o seu banco é por meio do app Pessoa física, que te mandará uma mensagem sobre o envio por meio do celular.

CONSULTAR PELO E-CAC

Outras informações podem ser conseguidas pelo atendimento virtual da Receita (E-CAC), que você pode ter usado para enviar a sua declaração, se o fez pela internet.

CONCLUSÃO

Lembrando que a data de envio e o depósito na sua conta, além de não ser mais responsabilidade da Receita Federal, também marca o encerramento dos acréscimos que seus valores vão ter.

Como fazer o seu cadastro MEI passo a passo

Quem presta serviços para uma categoria fora do padrão de trabalho, já deve ter ouvido falar do MEI. O MEI é uma forma do trabalhador brasileiro que é um microempreendedor, exercer seus serviços oficialmente. Esta categoria é bastante específica e pode trazer muitos benefícios, portanto, se você quer melhorar o seu negócio se tornando um MEI, leio o texto abaixo e siga os passos.

O que é o MEI?

MEI significa Microempreendedor Individual e é uma categoria de serviço destinada aos pequenos e grandes negócios. Quando passa a ser um MEI, o servidor fica encoberto por alguns benefícios muito importantes. Com o serviço independente, o microempreendedor não pode utilizar seus direitos trabalhistas, e ao se formalizar, além de ser um servidor individual passa a ter alguns direitos, assim como deveres.

Quem pode participar?

É importante mencionar que nem todo empreendedor pode se tornar um MEI. Para tanto, é preciso preencher alguns requisitos bastante específicos. Como por exemplo, obter fatura de até R$ 81.000 por ano. Além disso, o trabalhador que quer se formalizar, precisa já ter o seu próprio negócio. E vale mencionar que o mesmo não pode possuir outros vínculos de serviço, como por exemplo, ser sócio de uma outra empresa. Quem é formalizado como MEI pode contratar no máximo um funcionário e é preciso que o tipo de serviço ou atividade estejam previstos na Resolução CGSN nº 140, de 22 de maio de 2018. O documento possui a relação de atividades permitidas pelo MEI.

Como fazer seu cadastro?

Se você está interessado em formalizar o seu negócio e se tornar um MEI, precisa seguir corretamente o passo a passo deste cadastro. Confira abaixo:
  • Passo 1: Acesse o portal oficial do empreendedor MEI. Nesta plataforma você terá acesso a todo conteúdo e informação que precisa para formalizar o seu negócio.
  • Passo 2: Clique em “Formalize-se”. Este botão está presente na plataforma e você deve ser redirecionado para começar o seu cadastro através dele.
  • Passo 3: Insira os primeiros dados. No começo, é necessário apenas CPF e data de nascimento. Nas próximas páginas, você deve inserir outras informações como título de eleitor ou o número da sua declaração de imposto de renda.
  • Passo 4: Informe os caracteres solicitados pela página.
  • Passo 5: Preencha corretamente os dados solicitados, assim como o formulário.
  • Passo 6: Confirme o seu cadastro. Quando finalizar o processo do formulário, você deverá informar o seu número de telefone para que receba o SMS de confirmação do cadastro.
  • Passo 7: Quando receber o seu SMS, insira o código na plataforma e confirme a sua inscrição MEI!

Prova Anteriores ENCCEJA Confira os Gabaritos

O ENCCEJA é um Exame Nacional para Certificação de Jovens e Adultos nas Etapas de Educação Básica, para fazer inscrição no ENCCEJA é necessário ter completado 15 anos de idade, para obter Certificado de Conclusão do Ensino Médio ou Ensino Fundamental é preciso fazer a Prova do ENCCEJA realizada em todo o território nacional também é possível a realização da Prova ENCCEJA em módulos ou disciplinas para os candidatos que tenham eliminado disciplinas em anos anteriores ou que tenham feito Supletivo Modular.

Prova Anteriores ENCCEJA

As Provas do Exame Nacional todos os anos recebem um gabarito que após a realização do ENCCEJA é divulgado na Página do Participante ENCCEJA e Portal INEP, através dos gabaritos é possível saber quais questões os participantes de anos anteriores acertaram e quais erraram, os gabaritos de anos anteriores podem ser utilizados para fins de confirmação dos resultados obtidos na Prova ENCCEJA ou nos estudos juntamente com as provas de anos anteriores.

Os Gabaritos das Provas ENCCEJA 2022  já estão disponíveis na Página do Participante ENCCEJA , bem como arquivo em formato PDF da prova realizada pelo participante, desta maneira os candidatos que não obtiverem aprovação no ENCCEJA terão oportunidade de reverem suas provas acertos e erros a fim de obterem melhores resultados nas próximas Provas ENCCEJA.

Portal INEP- Provas e Gabaritos

No endereço eletrônico do Portal INEP é possível baixar no computador, tablets ou celulares as Provas e Gabaritos do ENCCEJA de anos anteriores, desta maneira é possível observar como é realizada a prova, às formulação das questões, o que vai cair na prova de cada matéria ou competência e os tema de redações anteriores. A Consulta de Provas e Gabaritos anteriores é muito saudável para os estudos de que deseja fazer o exame, além disso é possível fazer um simulado da prova através da realização de Provas Anteriores.

Além do Gabarito Encceja 2022 também estão disponíveis no Portal INEP materiais para estudo, ao todo são oito apostilas que podem ser baixadas em tablets, celulares e computadores quatro apostilas destinadas aos alunos que vão fazer a Prova ENCCEJA do Ensino Médio e quatro apostilas para os alunos que farão a Prova ENCCEJA Ensino Fundamental.

Página do Participante ENCCEJA

Os participantes de anos anteriores do Exame Nacional para Certificação de Jovens e Adultos poderão ver as Provas de Anos Anteriores, bem como conferir as questões que obtiveram acertos e aquelas que devem estudar mais, a organização do concurso oferece através da Página do Participante ENCCEJA arquivo PDF da Prova realizada e também o Gabarito da Prova ENCCEJA que o participante realizou.

O acesso à Página do Participante ENCCEJA é feito através do Número do CPF e Senha Cadastrada na Plataforma INEP, além do Gabarito também a Página do Participante ENCCEJA mantém o participante informado de todas as etapas para realização do exame, após a inscrição o candidato terá acesso a Página do ENCCEJA onde estará disponível o Edital do ENCCEJA e informações sobre período de inscrição.

Na realização da Prova do ENCCEJA a data, local e horário de prova serão divulgados através do Cartão de Confirmação que também será disponibilizado na Página do Participante ENCCEJA, no Cartão INEP que também disponibiliza o Número da Inscrição do Participante.

Gabaritos e Provas Anteriores ENCCEJA

O Gabarito e a Prova no Formato PDF não possuem Número de Inscrição do Participante por isso não terão relação alguma com os resultados do ENCCEJA, já a divulgação do resultado aprovação e reprovação deverão conter o número da inscrição e também poderão ser vistas através da Página do Participante ENCCEJA.

O Gabarito e Prova de anos anteriores são importantes meios para obter melhores resultados nos estudos, através do  Gabarito e das Provas Anteriores é possível saber qual o conteúdo da Prova ENCCEJA e também fazer simulados para treinar a participação no exame.

Aplicativo Bolsa Família: Instalação e Consulta pelo CPF

O Ministério da Cidadania lançou o aplicativo Bolsa Família 2022, uma forma mais rápida do cidadão consultar o benefício pelo app da Caixa Econômica Federal. Disponível para Android e IOS, o aplicativo Bolsa Família 2022 é uma alternativa aos outros meios de consulta.

Mas, antes de fazer o download é preciso que a família já tenha feito o cadastro Bolsa Família 2022, uma vez que se faz necessário usar o CPF ou NIS (Número de Identificação Social) para conseguir entrar no app.

Saiba mais sobre como baixar, instalar e consultar seu benefício pelo aplicativo da Caixa. Vamos lá!

Para que serve o cadastro Bolsa Família 2022?

O CadÚnico – Cadastro Único – é um sistema do Governo Federal que reúne informações pessoais sobre famílias de baixa renda, em situação de pobreza ou extrema pobreza.

O Cadastro Bolsa Família é um cadastro importante para quem precisa do Bolsa Família, pois não basta atender aos requisitos: é obrigatório estar cadastrado no sistema, já que é uma forma de listar quem realmente precisa do auxílio financeiro.

Uma vez que você esteja apto a receber o Bolsa Família 2022, poderá consultar o benefício pelo aplicativo da Caixa Econômica Federal para se informar sobre seu cadastramento, mas também no Portal de Transparência do Governo. Veja a seguir!

Consulta do Bolsa Família pelo CPF

A consulta pública Bolsa Família 2022 é uma alternativa para quem não se adapta a aplicativos de smartphones. Por isso, existe o Portal de Transparência do Governo.

Através desse site, o cidadão pode consultar seu benefício pelo CPF. Então veja como fazer:

  • Acesse o Portal da Transparência do Governo Federal → Clicando aqui;
  • Escolha “Benefícios ao Cidadão”;
  • Clique em “Consulta”;
  • Selecione sua forma de consulta: por UF, Município, Beneficiário, etc).

Dessa forma, você terá acesso a uma lista de aprovados no programa, CPF, valor, e outros detalhes de quem recebe o Bolsa Família.

O que pode ser acessado no aplicativo Bolsa Família 2022?

Com o aplicativo do Bolsa Família 2022, o cidadão terá acesso a várias informações do benefício social, entre elas:

  • Datas de pagamento do benefício;
  • Extrato detalhado;
  • Consulta Pública Bolsa Família 2022;
  • Consulta das parcelas liberadas;
  • Postos de atendimento Caixa.

O app Bolsa Família ajuda a agilizar o atendimento, sendo desnecessário ir pessoalmente a uma das agências Caixa área realizar consultas simples, como um extrato, por exemplo.

Como baixar o aplicativo Bolsa Família 2022?

O aplicativo deverá ser baixado para quem utiliza o sistema Android ou IOS. Confira abaixo como realizar o download e abrir o aplicativo Bolsa Família 2022:

  • Faça o download em Play Store (Android) ou App Store (IOS);
  • Clique em “Instalar”;
  • Abra o app e informe seu CPF ou número NIS;
  • Pronto!

A partir do momento que você indica o número do seu documento, o aplicativo mostra as informações sobre seu Bolsa Família.

Vale ressaltar, no entanto, que é preciso estar inscrito no CadÚnico – Cadastro Único – para ter acesso às informações, caso contrário, o sistema não vai reconhecer seus dados.

Alternativas ao aplicativo Bolsa Família

Além do Portal de Transparência e do app Bolsa Família, é possível também consultar o benefício por outros meios, conheça:

SIBEC – Sistema de Benefícios ao Cidadão → Clique aqui para acessar.

Ainda que sejam boas alternativas, o aplicativo Bolsa Família é o mais completo e mais acessível, pois você poderá usá-lo em qualquer lugar.

Qualquer informação nova sobre o app da Caixa Bolsa Família, este artigo terá as atualizações devidas. Não perca as novidades!

O que é o Cadastro Único e se inscrever?

O Cadastro Único de 2022 é a forma que o governo federal encontrou de conhecer as famílias pobres ou extremamente pobres e que, por isso, precisam de auxílio financeiro. Vários benefícios e programas dependem do Cadastro Único 2022, como o Bolsa Família.

A inscrição no chamado CadÚnico é bem simples, mas é necessário preencher os requisitos se quiser fazer parte do programa Minha Casa, Minha Vida ou de outros benefícios do governo.

Neste artigo, no entanto, vamos falar sobre o Cadastro Único para receber o Bolsa Família. Acompanhe!

O que é CadÚnico?

O Cadastro Único 2022 – ou CadÚnico – é um formulário contendo todas as informações sobre cidadãos brasileiros em situação de baixa renda.

Esse formulário é usado pelo governo federal, Estados e municípios como forma de ajudar a conhecer onde e quem precisa das políticas públicas para melhorias de vida.

Aquelas famílias que precisam de tarifa social de energia elétrica, passe livre para deficientes, isenção de taxas para concursos públicos, etc, podem conseguir pelo CadÚnico, desde que preencham os requisitos.

Requisitos do Cadastro Único

Um dos programas que também se faz necessário o Cadastro Único é o Bolsa Família 2022. Famílias na extrema pobreza que ganham até R$ 89, ou em situação de pobreza ganhando até R$ 178, têm direito ao benefício do governo.

Saiba mais sobre isso nos tópicos seguintes!

Requisitos do Cadastro Único 2022

O primeiro requisito já mencionado neste artigo prevê o Bolsa Família apenas para famílias com renda per capita até R$ 178.

Para provar essa renda, é que se faz necessário o Cadastro Único 2022 feito por alguém maior de 16 anos, de preferência, mulher.

É importante levar todos os documentos exigidos até o local onde é feito o cadastro.

Dessa forma, basta aguardar resposta para saber se foi aprovado ou não e, finalmente, começar a receber o depósito mensal.

Qual o valor do Bolsa Família?

A família de baixa renda recebe o valor de R$ 89, mas o benefício do Bolsa Família pode ser maior por conta dos dependentes e quem tem direito ao Bolsa Família 2022!

Quem tiver filhos até 15 anos, com gravidez ou lactantes, recebe R$ 41 cada. O máximo nessa categoria é de até R$ 205.

Já para quem tiver filhos entre 16 e 17 anos, o valor passa para R$ 48 cada. Nesse caso, o valor máximo para a família receber, tendo filhos nessa idade, é de R$ 96.

Além disso, há de se observar também que o cadastro para dar entrada no benefício dá direito ao cartão Bolsa Família 2022. O cartão magnético funciona como qualquer outro banco e deve ser desbloqueado para ativá-lo.

Como se inscrever no Cadastro Único em 2022?

Normalmente, as famílias mais necessitadas recebem a visita de agentes municipais para cadastramento ou recadastramento no benefício. No entanto, pode ocorrer de sua família não ter sido inscrita.

Nesse caso, basta ir até o CRAS – Centro de Referência de Assistência Social – do seu município munido dos seguintes documentos:

  • CPF;
  • Certidão de Nascimento;
  • Certidão de Casamento;
  • Identidade (RG);
  • Certidão Administrativa de Nascimento do Indígena (RANI);
  • Carteira de Trabalho; ou
  • Título de Eleitor;
  • Comprovante de residência (conta de água ou luz).

Todas as informações prestadas ao CRAS devem ser atualizadas sempre que houver mudanças, como um novo membro familiar, situação de gravidez, mudança de residência ou alguém que deixou de morar no mesmo local.

Como saber se estou no Cadastro Único?

Existem três opções que você pode consultar se o seu cadastro no CadÚnico está feito. Todas são de acesso gratuito e exigem apenas confirmações de dados pessoais.

Com o CPF em mãos você pode:

Consultar cadastro no CadÚnico pela internet

Acesse o site do Consulta Cidadão, clicando aqui! Caso você já esteja inserido no cadastro de sua família, você saberá após enviar o formulário com seus dados pessoais.

Consultar cadastro no CadÚnico pelo Aplicativo

O uso do aplicativo ocorre da mesma forma. Disponível para Android ou IOS, após baixar em seu smartphone, basta apenas preencher o formulário exigido.

Consultar registro no Cadastro Único por telefone

Caso você tenha a opção de número fixo para a ligação, anote o número do CadÚnico e faça uma ligação gratuita:

  • TELEFONE CADASTRO ÚNICO: 0800 707 2003.

Matrícula Online Recife PE 2022

Pensando em colocar seu filho na rede pública de ensino do Recife? Saiba que através da Matrícula Web 2022, é possível reservar a vaga que deseja preencher. Tudo acontece online, então para reservar a matrícula na escola que deseja você só precisa ter acesso à internet. A matrícula online Recife PE 2022 facilita a sua vida, porque apenas com alguns cliques você já concorre a vaga!

Matricula online Recife PE 2022

Através do portal criado pela Prefeitura de Pernambuco, você poderá reservar a vaga do seu filho na escola pública desejada. O procedimento é muito simples, será necessário apenas preencher o formulário e escolher a escola que pretende.

Com a ajuda da tecnologia tudo ficou mais fácil, agora você não precisa mais gastar tempo e se estressar em filas só para reservar a vaga na escola que pretende matricular seu filho. Através da matrícula online Recife PE 2022, tudo é resolvido!

Saiba como funciona a matrícula online Recife PE?

Ao acessar o portal oficial para fazer a matrícula web 2022, você vai se deparar com um formulário. Preencha-o, porque é muito importante que o sistema localize os dados do aluno.

O próprio sistema de dar informações de vagas, além de informar as escolas que estarão disponíveis para esse processo de matrícula.

Então fique ciente de que tudo ocorre online, para não perder o período de matrícula fique atento ao site oficial da prefeitura de Recife.

Etapas da matrícula online

É importante saber exatamente como tudo funciona, porque se você não estiver bem informado e perder algum prazo poderá se complicar. Para te ajudar a entender melhor como tudo acontece, veja as etapas da matrícula online Recife PE!

  • Realização da reserva da Matrícula na rede municipal de Recife através do portal da prefeitura;
  • Comparecimento a escola para efetivação da matrícula – Esse é o momento onde será necessário levar os documentos exigidos pela escola.

Calendário de inscrição

Para que os alunos não acabem perdendo a época de inscrição, a Secretária de Educação libera todos os anos o calendário com todas as datas de inscrição.

Confira logo abaixo o calendário atualizado:

  • Pré-cadastro: 09 a 21 de dezembro;
  • Matrícula online: 04 a 20 de janeiro.

Fácil não é?! Mas saiba que se você perder o prazo de ir até à escola efetivar a matrícula, sua vaga será passada para outro aluno.

Matricula online Recife 2022

Deseja matricular seu filho na rede pública de ensino do Recife? Então, confira o tutorial a seguir para fazer a matricula online Recife PE 2022!

  • Acesse o site da Matrícula Fácil, ou clique aqui;

Portal da Prefeitura de Recife

  • Confira o calendário, se abertas as matrículas clique na opção de “Inscrever-se”;
  • Escolha a opção da cidade de Recife, preencha o formulário de acordo com o que é exigido;
  • Finalize a inscrição que reserva a vaga desejada.

Ao finalizar a matrícula, fique atento a data de comparecimento na escola escolhida para efetivar a matrícula e ocupar definitivamente a vaga. Saiba que será necessário levar alguns documentos da matricula online Recife PE 2022 de acordo com as especificações escolares do seu filho.

➜ Documentos necessários

Os documentos que serão analisados são os seguintes:

Estudantes menores de 18 anos

  • RG e CPF – Se o aluno tiver;
  • RG e CPF do responsável;
  • 2 fotos 3×4 – Precisam ser recentes;
  • Carteira de vacinação;
  • Certidão de nascimento – Esse documento deverá ser do estudante;
  • Cartão do SUS;
  • Comprovante de residência – Atualizado (O mais recente);
  • Documento de transferência da escola anterior – Caso seja a primeira vez nessa escola.

Estudantes maiores de 18 anos

  • RG e CPF;
  • Cartão do SUS;
  • Comprovante de residência;
  • Certidão de nascimento ou casamento – Depende da sua situação;
  • 2 fotos 3×4 – Devem ser recentes;
  • Documento de transferência da escola – Caso precise.

Pronto! Os documentos serão analisados, caso esteja tudo bem a vaga será preenchida.

Licenciamento Vencido 2022: O que fazer? Como pagar?

Sabemos que todos os valores que são obrigatórios para os motoristas brasileiros, devem estar em dia. E estar com o licenciamento vencido 2022 pode ser um problema.

Por isso, reunimos as principais informações sobre o assunto, para que você saiba o que fazer. Então continue lendo e entenda o que fazer com o seu licenciamento vencido 2022!

O que é o licenciamento?

Todos os cidadãos brasileiros que passam a ter um veículo em seu nome, sabem que várias taxas obrigatórias são impostas. E o licenciamento faz parte dessas obrigatoriedades que devem ser mantidas em dia!

O Certificado de Registro e Licenciamento de Veículos – CRLV, lhe dá a garantia de estar apto para circular com seu veículo em qualquer lugar do país. A falta do seu pagamento do DPVAT MG pode lhe causar uma série de problemas, incluindo pontos em sua carteira.

E para que esse pagamento possa ser planejado, todos os anos, o departamento de trânsito de cada estado, divulga uma tabela com os prazos limites desses pagamentos. Isso faz com o que o licenciamento vencido 2022 possa ser evitado.

Licenciamento vencido 2022

A tabela para o seu licenciamento é um instrumento primordial para estar em dia com a sua documentação veicular.

Depois que as datas estabelecidas são ultrapassadas sem a falta de pagamento, o licenciamento vencido 2022 será um problema!

Isso porque ele compõe os documentos exigidos pelo departamento de trânsito por lei, durante as fiscalizações diárias. Se o motorista portar seu documento atrasado, deverá cumprir com as penalidades a respeito.

O que fazer com o licenciamento vencido?

Assim que for identificado o atraso a respeito do seu documento, é preciso estar de olho sobre o que fazer com o licenciamento vencido. Além de ter multa sobre o seu valor inicial, você poderá ter pontos acrescentados em sua carteira.

Por isso, é preciso que motorista procure quitar seu débito o mais rápido possível, para não ter uma dívida ativa no Detran. Sabendo de suas pendências, é preciso estar comparecendo ao departamento de trânsito de sua cidade.

Pois é lá que você conseguirá saber todos os procedimentos possíveis para validar seu licenciamento vencido 2022. Quanto mais tempo você passar para pagar, mais burocrático será para quitá-lo.

Multa licenciamento vencido 2022

Como já falamos anteriormente, é acrescentado sobre o valor inicial, a multa do licenciamento vencido 2022. Sabendo que esse valor é unitário para todos os estados, é sempre aconselhável ficar de olho em sua guia de pagamento.

Além de outros detalhes, os valores sujeitos ao licenciamento atrasado 2022 também poderá ser encontrado. Com base aos anos anteriores, é estimado que esse valor fique em torno de R$ 300.

Se você for parado e essa dívida não tiver sido resolvida, seu carro pode ser apreendido e como já falamos, o motorista receberá até 7 pontos em sua carteira.

Pagamento do licenciamento vencido 2022

Muitas pessoas passam por complicações maiores, por não saber como é feito o pagamento do licenciamento vencido 2022. É sempre bom buscar estar em dia o quanto antes, pois quanto menos tempo você levar com esse atraso, mais rápido você ficará em dia com o DETRAN.

Antes de tudo, é preciso que você esteja realizando a solicitação de uma nova guia de pagamento com a Secretaria da Fazenda do seu estado. Ciente de que terá prazos para o seu licenciamento vencido!

Depois que conseguir seu novo boleto, você poderá ir em uma agência bancária mais próxima, ciente de que também terá prazos para quitar esse novo valor.

Lembrando que o pagamento do seu licenciamento está ligado aos outros impostos como o IPVA e o seguro obrigatório. Pagá-los e deixar o seu licenciamento vencido 2022 não será suficiente mediante as leis de trânsito.

Como Conseguir Certificado de Conclusão do Ensino Fundamental

Sabemos que o Encceja é o exame no qual dá a chance para todos aqueles que não concluíram o Ensino Fundamental ou Médio de ter em mãos o Certificado de Conclusão após realizarem uma prova. Muitos se perguntam como conseguir Certificado de Conclusão do Ensino Fundamental. Abaixo, explicaremos detalhadamente como Certificado de Conclusão do Ensino Fundamental. Continue nos acompanhando e confira!

O que é Encceja?

O Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos, mais conhecido como Encceja foi criado pelo Governo Federal, juntamente com o Ministério da Educação e o Inep.

Este exame tem como principal objetivo certificar todas as pessoas que não concluíram o Ensino Fundamental ou Médio na idade correta.

Mas para isso, é necessário que essas pessoas realizem suas inscrições e façam uma prova contendo 120 questões + redação Encceja 2022. Abaixo, confira todas informações referentes a este exame, bem como os conteúdos cobrados, locais de provas e muito mais.

Quem pode conseguir certificado de conclusão do Ensino Fundamental

Assim como já mencionamos anteriormente, o Encceja certifica tanto o Ensino Médio como também o Ensino Fundamental.

Para realizar o exame, é necessário estar encaixado nos critérios estabelecidos pelo MEC. No geral, podem realizar o Encceja:

  • Adolescentes, jovens e adultos que buscam receber o diploma pela conclusão da Educação Básica, sejam para o Ensino Fundamental ou para o Ensino Médio.

Veja a seguir os requisitos para se inscrever no Exame para Ensino Fundamental:

  • É necessário ter no mínimo 15 anos de idade até o dia da realização do Encceja.

Veja a seguir os requisitos para se inscrever no Exame para Ensino Médio:

  • É necessário ter no mínimo 18 anos de idade até o dia da realização do Encceja.

Como Conseguir Certificado de Conclusão do Ensino Fundamental

As provas do Encceja são diferentes para as modalidades disponíveis: Ensino Fundamental e Médio. Porém, ambas possuem a mesma quantidade de questões e também são cobradas uma redação com tema proposto pelo Inep.

A prova Encceja 2022 é composta por 4 matérias distintas com 30 questões cada. São elas:

  • Matemática;
  • História e Geografia;
  • Ciências Naturais;
  • Língua Portuguesa, Língua Estrangeira Moderna, Artes, Educação Física e Redação.

Assim como já mencionamos acima, cada uma das matérias possui 30 questões formando 120 no total + redação, que será elaborada de acordo com o tema proposto.

Como fazer a inscrição no Encceja para o Ensino Fundamental?

Todo o processo de inscrição é feito pela internet, no site oficial do Inep. O procedimento é bastante simples e rápido, levando apenas alguns minutos.

Siga as instruções a seguir e inscreva-se no Encceja para obter o certificado de conclusão do Ensino Fundamental:

  • Acesse o site oficial;
  • Selecione a opção “Inscrições 2022”;
    Será necessário informar todos os dados solicitados, assim como montra a imagem abaixo:
    Clique na figura apresentada na tela;
  • Para seguir com a inscrição, clique em “Enviar”;
  • Uma nova janela será aberta, onde você deverá preencher o formulário com todos os seus dados pessoais;
  • Informe a modalidade de prova, que neste caso é para o Ensino Fundamental;
  • Agora basta apenas enviar seus dados.

Para consultar o local de prova e outras informações referentes a sua inscrição, basta apenas acesse o site e você será automaticamente redirecionado para a página do participante.

Resultado Encceja

Dias após a realização da prova, os resultados Encceja 2022 são divulgados. O candidato pode conferir as notas obtidas na página do participante.

A entrega da Certificação Encceja 2022 de conclusão é de inteira responsabilidade da Unidade Certificadora informada no ato da inscrição, que na maioria dos casos são as Secretarias de Educação do Município.

 

Segunda Via Cartão SUS: Solicitar, Como emitir 2 via

Caso tenha perdido os seus documentos não precisa se desesperar, pois existem alguns meios para solicitar uma nova via. No caso da segunda via cartão SUS o processo também é bem simples, e o melhor: gratuito. É muito importante portar este documento, pois ele identifica o cidadão com usuário do Sistema Único de Saúde e garante os benefícios para quem o possui. Então, não deixe de emitir a segunda via cartão SUS.

O que é o Cartão SUS?

Conhecido popularmente como cartão SUS, este documento é na verdade o Cartão Nacional de Saúde (CNS) que permite a  identificação do usuário do SUS.

Além de ser uma iniciativa do Governo Federal, este registro contém as informações dos pacientes da rede pública de saúde, o que possibilita a criação do histórico de atendimento de cada cidadão, por meio do acesso às Bases de Dados dos sistemas envolvidos neste histórico.

Com os CNS, o usuário do SUS pode conferir as informações de suas internações hospitalares, com dados sobre atendimento ambulatorial de média e alta complexidade e aquisição de medicamentos no programa Farmácia Popular. E ainda, o sistema consegue identificar o indivíduo em todo o território nacional, facilitando o atendimento em qualquer região do país.

Lembrando que o cartão SUS não é obrigatório, quem não o possui pode usar tranquilamente as assistências médicas públicas. Este é na verdade uma forma de facilitar o processo de recepção, atendimento, avaliação e pós consulta, permitindo uma identificação muito mais dinâmica e humana dos usuários.

Como Solicitar o Cartão SUS?

Se a sua preocupação ainda não é sobre como emitir a segunda via cartão SUS, pois nem mesmo possui o documento, pode ficar tranquilo já que o processo para solicitar o cartão SUS é bem simples. O usuário deve comparecer até a Secretária de Saúde Municipal, portando um documento de identificação e mostrar o interesse em adquirir o cartão.

Caso não seja a secretaria o posto autorizado para a emissão, os funcionários orientarão sobre qual o local adequado para solicitar o documento.

Normalmente a impressão acontece em instantes, em uma folha de sulfite simples A4, por isso também é importante ter cuidado com o documento, colocando em um plástico próprio, por exemplo. Esta emissão é gratuita e pode ser realizada somente em postos autorizados, pois eles possuem sistema para isso.

A partir do cadastramento e da emissão do cartão, e com a integração dos sistemas tendo o número do CNS como chave integradora, será possível identificar o usuário em todos os seus contatos com o SUS e acompanhar a sua evolução dentro do Sistema, com efeitos na atenção individual e no planejamento das ações de saúde.

Segunda Via Cartão SUS

Assim como para emitir a primeira via do documento, a segunda via cartão SUS é muito simples de ser retirada.

A primeira opção é de forma presencial, no local autorizado pela administração pública municipal, a segunda opção é digital, via internet e pelo Portal do Aqui tem Remédio, preenchendo algumas informações básicas o usuário já consegue realizar o processo de consulta cartão SUS. É importante certificar-se de que conseguirá realizar a impressão do cartão.

No passo a passo a seguir você aprende como fazer esta via internet:

  • Acesse o site do Portal de Saúde do Cidadão;
  • Seleciona a opção de consulta a base de número de identificação ou por nome;
  • Insira as informações necessária, clique em ‘Não sou um robô’ e em seguida ‘Consultar’.

Descubra como utilizar o seu cartão do SUS durante a pandemia

Sistema Único de Saúde (SUS) é o nome dado a toda a rede pública de saúde no Brasil. Ela inclui postos de saúde, hospitais e centros especializados que podem ser acessados por qualquer cidadão. Mas, para atribuir maior organização e controle a todos os cidadãos que se tornam paciente da rede pública, o Governo Federal criou o Cartão SUS.

Com o Cartão SUS, a rede pública de saúde consegue compreender a trajetória do paciente ao longo dos atendimentos, consultas, internações, cirurgias e tratamentos. Além disso, a emissão do cartão cria um registro no Sistema Único de Saúde que funciona como um número de identificação pessoal.

O Cartão Nacional de Saúde pode ser emitido em qualquer unidade pública de saúde e é imprescindível em qualquer situação de atendimento na rede pública. Assim, é importante entender detalhes sobre o funcionamento do SUS e conhecer o procedimento necessário para a emissão do Cartão SUS.

Importância do Cartão do SUS

O Cartão SUS, ou Cartão Nacional de Saúde, funciona como uma identidade do cidadão dentro da estrutura pública de saúde. Porque ele reúne todos os procedimentos realizados, dados dos locais de atendimento e profissionais envolvidos. Ou seja, trata-se de um importante mecanismo para registrar todo um histórico do paciente atendido.

Por este motivo, o SUS depende tanto do cadastro do cidadão usuário, quanto do cadastro do profissional de saúde. Para isso, algumas informações básicas são solicitadas no momento do cadastro. Finalmente, tais informações geram o Cartão SUS, que deve ser mantido como qualquer outro importante documento.

Cadastro do SUS e melhoria nos serviços ao cidadão

Um ponto importante relacionado ao cadastro dos cidadãos e emissão do Cartão SUS trata do aperfeiçoamento dos serviços. Porque, como o Brasil é um país de vasto território e populoso e que fornece os serviços de saúde gratuitamente como consequência da arrecadação tributária, é importante conhecer bem o perfil de saúde dos usuários da rede pública para que os serviços sejam adaptados de acordo com as necessidades de cada região.

Com o registro dos pacientes, os Governos federal, estadual e municipal conseguem gerar um banco avançado de informações. Esse banco, conhecido como Cadweb SUS, é utilizado para compreender as principais doenças, queixas e necessidades das regiões brasileiras. Isso facilita na hora de direcionar verbas, adquirir equipamentos e disponibilizar medicamentos, por exemplo.

Além disso, com o histórico do paciente, é possível prestar atendimento mais exato, prezando pela saúde do cidadão com os tratamentos mais adequados.

Como Fazer o Cartão SUS

O registro de todo cidadão no Sistema Nacional de Saúde deve ser realizado em uma unidade de atendimento. Assim, o cidadão deve buscar a unidade de saúde mais próxima de sua residência para realizar, primeiramente, o registro. Essa unidade pode ser um posto de saúde, Unidade de Pronto Atendimento (UPA), Pronto Socorro ou Hospital. A Secretaria Municipal de Saúde também deve dispor de equipe para este fim.

Para o registro, é necessário portar documentos básicos de identificação, como carteira de identidade, CPF e dados residenciais.

Com o registro, o cartão do SUS pode ser solicitado presencialmente, também em uma unidade de atendimento. Além disso, para tornar o procedimento mais ágil, o Ministério da Saúde disponibiliza a opção de pré-cadastro online por meio do Portal do Cidadão.